By Elaine Averbuch Neves

Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania. Depende de quando e como você me vê passar.

– Clarice Lispector -

sábado, 5 de novembro de 2011

Luzes, câmera, ação!!!

05/11 – Dia do Cinema Brasileiro
“O cinema tirou de mim a tristeza da impossibilidade; me deu a possibilidade de ser.” – Ana Carolina Cinema -
Hoje comemoramos o Dia do Cinema Brasileiro. Foi no dia 5 de novembro de 1896 que os irmãos franceses Lumière realizaram a primeira exibição cinematográfica no Rio de Janeiro.
.Até pouco tempo, os filmes brasileiros não possuíam muita credibilidade e prestígio, dentro do próprio território nacional. Hoje, a situação está mudando devido a maiores incentivos governamentais e da iniciativa privada. Também, pelo surgimento de uma nova geração de diretores e atores que deram uma nova cara ao cinema nacional.
 Ao contrário do que aconteceu na Europa e nos Estados Unidos, o cinema brasileiro demorou para se desenvolver no século XX. Somente na década de 1930 que surgiram as primeiras empresas cinematográficas, produtoras de filmes do gênero chanchada.
O grande salto de desenvolvimento do cinema nacional ocorreu somente na década de 1960. Com o conhecido “Cinema Novo”, vários filmes ganharam destaque nos cenários nacional e internacional. O maior exemplo foi “O Pagador de Promessas”, escrito e dirigido por Anselmo Duarte. Primeiro filme nacional a ser premiado com a Palma de Ouro do Festival de Cinema de Cannes. Dentre muitos, os cineastas que mais se destacaram neste período foram Glauber Rocha(Deus e o Diabo na Terra do Sol) e Cacá Diegues(Ganga Zumba).
Em 1973, o Brasil criou o Festival  de Cinema de Gramado, realizado anualmente na cidade de mesmo nome, na Serra Gaúcha. O troféu, conhecido como “kikito” é uma figura risonha, esculpida em bronze. As décadas de 1970 e 1980 representam um período de crise para o cinema nacional. A crítica e os grandes problemas nacionais saem de cena para dar espaço para filmes de consumo fácil, com temáticas simples e de caráter sexual, muitas vezes de mau gosto. É a época da pornochanchada.
Mesmo neste período, alguns cineastas resistem a onda e procuram produzir filmes inteligentes e bem elaborados. Podemos destacar os seguintes filmes neste contexto: “Aleluia Gretchen” de Sílvio Back; “Vai trabalhar vagabundo” de Hugo Carvana e “Dona Flor e seus dois maridos” de Bruno Barreto.
 A década de 1990 é marcada pela diversidade de temas e enfoques. O Brasil começa a produzir filmes que mobilizam grande número de expectadores.
 Hoje, o cinema brasileiro está em alta. “O Pagador de Promessas", "O quatrilho", "O que é isso companheiro?" e "Central do Brasil" foram os quatro filmes brasileiros indicados ao Oscar, a premiação máxima em cinema, oferecida pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, Estados Unidos, na categoria Melhor Filme Estrangeiro. Parabéns à Indústria de Sonhos Nacional!!!
Hoje, 05/11,  temos várias outras comemorações!
Dia Nacional do(a) Designer

Dia do Radioamador e do Técnico em Eletrônica

Dia do Escrivão de Polícia

Dia Nacional da Ciência e da Cultura
Fontes:
Lembrem-se, as mudanças acontecem “De dentro pra fora!”












9 comentários:

Alicinha disse...

Olá bom dia! Vim agradecer os elogios e retribuir a visita. Te ofereço o selinho de Seguidora. Fica com Deus

Daniel Donato Piasecki disse...

Olá!

Já seguindo também.

Obrigado pela visita.

05 de novembro, vamos ver o que acontece hoje...

Elaine Canha disse...

Oi Xará

Seja bem vinda à minha casinha e boa sorte no sorteio.

Beijos

Wilma Azevedo disse...

Achei lindo o teu cantinho! Amei a sua visita e o comentário que deixaste!!! É muito bom poder utilizar essa ferramenta poderosa para levar cultura e informação às pessoas. Um grande abraço e já estou te seguindo!!!

Gabriela Dias disse...

Oi, já deixei disponível o botãozinho de seguidores, viu?
Obrigada por sua visita! =)

Valéria disse...

Oi Elaine!
Vim agradecer sua visita e conhecer o seu blog!
Bem diferente a proposta dele, gostei muito e a homenagem ao cinema ficou muiiito boa!
Beijos e um ótimo domingo!

Helena Compagno disse...

Oi Elaine, obrigada pela visita. Custei a chegar na janelinha de comentários do seu blog, pois notei (não sei se estou errada), ela aparece só depois de alguns posts. É isso? Li o post do significado da palavra blog e achei muito interessante, pois eu não sabia disso. Aliás, resolvi criar meu blog apenas para minhas anotações de costuras e depois acabei abrindo para as alunas (dou aulas de costura) e depois para o público em geral. Meu blog só trata de assunto de costura, viu? Se interessa por esse assunto? Seja bem-vinda.
Beijos

ELAINE disse...

Agradeço muito e feliz pelos comentários, pessoal!! Alicinha, Daniel, Elaine, Wilma, Gabriela, Valéria e Helena, obrigada pelo carinho! Voltem sempre! Grande beijo!

Blogger disse...

BlueHost is ultimately one of the best web-hosting company for any hosting plans you might require.