By Elaine Averbuch Neves

Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania. Depende de quando e como você me vê passar.

– Clarice Lispector -

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Stop!

“A pressa passa, e o que você fez com pressa, fica.”

Tati Bernardi

Ôi gente! Dia desses estava andando de carro, quando uma cena corriqueira me chamou atenção: um motorista estava manobrando seu carro, em marcha-ré, saindo do portão, com calma; os movimentos feitos corretamente, mas percebia-se, pelo tempo que durou a manobra, que este motorista é iniciante ou está aprendendo... Vários motoristas que iam passando, buzinavam que nem doidos (kkkk)! Gente! Para tudo! Stop! Pare e pense: alguém nasceu sabendo alguma coisa? Principalmente a dirigir (rsrsrs)?
Por isto que dirigir tornou-se uma aventura (na selva de asfalto, hihihi)! Muitas pessoas saem de casa com a cabeça cheia de problemas, sentam ao volante, saem correndo como loucos, buzinando pra todo lado, esquecendo-se que o “automóvel” pode facilmente se transformar em uma arma e uma arma mortal... (leiam as estatísticas). Sem falar que as punições e Leis em geral, referentes ao trânsito, deveriam ser muito mais severas (minha opinião) do que o praticado atualmente, uma vez que os motoristas (a maioria) deve considerar as punições “levinhas”, pois continuam a cometer infrações adoidado!
O carro, sonho de consumo de muitas pessoas (foi meu sonho durante muito tempo, hehehe), é algo que deveria dar prazer, satisfação, um meio de transporte, um meio para o lazer... nunca uma arma! Brasileiros (acho que as pessoas em geral, kkkk) tem memória curta, pois após algum tempo sentadindos ao volante, já se consideram “experts” e buzinam feito doidos pra uma manobra mais lenta, se esquecendo que eles próprios já foram aprendizes um dia... Será que não tiveram alguém com paciência lhes ensinando?... Pode até parecer um assunto sem importância... mas... e as vidas humanas que esta impaciência toda pode custar?... Será que algum dos “apressadinhos” pensa nisso, pelo menos quando toma fôlego pra respirar (rsrsrs)? O trânsito, hoje em dia, está tão caótico, que por vezes dá até medo de dirigir (hihihi)...  Bem pessoal, quem passar aqui pelo blog, e tiver um tempinho pra dar uma lida, por favor, comente, dê sua opinião sobre o assunto! E nunca esquecendo (incrivelmente ainda tem quem esqueça, rsrsrs) a máxima “Se beber não dirija; se dirigir, não beba.” Faça sua parte, não faça parte das estatísticas.

Elaine Averbuch Neves
Aqui vai um link, para quando os “apressadinhos” estiverem em casa, exercitarem um pouco a sua impaciência... Vale a pena conferir!

“Quando aceito minha realidade, consigo valorizar o que já conquistei e encarar os desafios que tenho pela frente.”

Fernando Lapolli
Muitas bênçãos pra você! E não tenha pressa! Tenha objetivos!
Lembrem-se, as mudanças acontecem “De dentro pra fora!”
Promoção! Participe e concorra!!
Acesse o link e se inscreva!!



15 comentários:

Lucinha disse...

Elaine,

Você abordou um assunto muito importante.
Ninguém tem paciência nessas horas.
Aqui é suér tranquilo dirigir. O trânsito é organizado e educado. Raramente encontramos um estressado sem paciência.
Beijos

ELAINE disse...

Brasil, né Lucinha! Por incrível que pareça, no dia em que o Gerson lançou aquela idiotice na TV (quando ele tava no auge do futebol, hehehe), a Lei de Gerson, ou seja, "levar vantagem em tudo", parece que o brasileiro esquece as regras de civilidade, de convivência, mas "de levar vantagem em tudo" não, infelizmente!! Mas um dia a gente chega lá...Afinal, a esperança é a última que morre (rsrsrs)! Bjo! Obrigada pelo carinho!

Elaine Lobato disse...

Oi Elaine,

Tens razão o trânsito está cada vez pior, além dos impacientes tem os que dirigem alcoolizados! E matam mesmo!

bjs

ELAINE disse...

Ôi xará! Obrigada pelo comentário e pelo carinho! Apesar de as Leis de Trânsito terem sido modificadas (dizem os especialistas que foi pra melhor, tenho dúvidas, kkkk), não parece ser o suficiente, porque a maioria dos infratores é reincidente! Acho que a severidade ainda está branda demais... Um dia a gente chega lá... Quem sabe?... Bjão! Volta sempre viu?

Luva de Histórias disse...

Oi Elaine, o rapaz até parece eu, já tenho minha CNH há 2 anos mas como tive alguns problema durante a gestação da caçula, fui empurrando o dia que teria que perder o medo e "pegar o carro", não foi nenhum bicho de 7 cabeças não levei nenhuma buzinada ainda porém levei uma fechada de uma Kombi escolar em um dia de chuva que tremi inteira e sei que não é o correto mas o motorista parou na frente da escola do meu filho e com a raiva toda não desci do salto mas que ele ouviu e muito, isso ele ouviu. Assim como carrego vidas importantes dentro do meu carro, ele carrega muito mais.
Bjs querida e ótima semana para ti tb.
Dani

Canela Castela disse...

Ola Elaine. Que gostoso seu blog, um capricho adorei visitar. Meu blog ainda é um "bebê", tenho muito o que postar e aprender. Mas tudo o que eu colocar vai ser com carinho para todas. Estou te seguindo tbm, e sempre passarei por aqui. Bjos querida.

ELAINE disse...

Luva e Canela!Ôi! Que bom que vocês vieram me visitar! Fiquei muito feliz! Voltem sempre viu! Acho que o trânsito (infelizmente) acabou se transformando num local onde se fica entre desconhecidos, e por isto mesmo muitos o estão usando para descarregar sua raiva, suas frustrações e etc...Ainda chegaremos lá! Canela, meu blog ainda tá engatinhando também, tô na blogosfera há tres mesinhos! Vamos aprender juntas! Bjão!

monica ventura disse...

Olá querida obrigado pela sua visita e pelo seu carinho,vim aqui te conhecer e já estou te seguindo seus assuntos são interessantes e atuais,verdafeiros.Li sobre a homeopatia,gosto e faço uso dos medicamentos,por isso temos coisinhas incomuns,beijinhos tenha uma boa noite e espero que nossa amizade cresça de dentro pra fora...rsrsrs

ELAINE disse...

Com certeza! De dentro pra fora e de tudo um pouco! Obrigada pelo comentário carinhoso! Fiquei muito feliz com tua visita! Volte sempre viu! Bjão!

Mariazinha disse...

certissima....parei de dirigir por conta do transito aqui em ribeirão Preto e uma loucura......beijos e obrigadapela visita

ELAINE disse...

Mariazinha! Obrigada a você pelo carinho! Volte sempre que puder e/ou quiser! Bjão no coração!

Ana Jardim disse...

Oi Elaine,
Muito bom o seu post, ótima reflexão para todos nós que enfrentamos este trãnsito cada vez mais louco, cheio de pessoas grosseiras e estressadas no dia a dia!
bjkoas

ELAINE disse...

Ana! Obrigada pelo comentário e pelo carinho! Volte sempre! Bjão!

raquel pedruzzi disse...

Oi Elaine!
Sabe que esse post me fez refletir também! Porque tem dias em que estamos impacientes com outras coisas e acabamos transferindo isso para a direção... Normalmente sou calma para tudo que faço, às vezes sou até criticada por minha "lerdeza", rsrs! Mas `quando estou apressada para chegar no horário de algum compromisso, fico mais afobada ao volante... Só que acabo vendo que os carros que ultrapassei na estrada, por exemplo, quando chegamos na cidade e tem os semáforos, ficamos todos emparelhados de novo!
Bjsss e obrigada por suas visitinhas sempre tão carinhosas!

ELAINE disse...

Raquel querida! Eu que agradeço! A presença de vocês engrandece qualquer blog! Afinal, blogs são como elos de ligação entre blogueiro(a)s, não é? Volte sempre! Bjão no coração!