By Elaine Averbuch Neves

Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania. Depende de quando e como você me vê passar.

– Clarice Lispector -

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Bom Dia para todos(as)!!!!! E a chuva voltou!!!.... Com chuva ou sol, aqui no Blog é sempre tempo bom, pois recebo a visita de vocês!!!!

Sejam muito bem-vindos!!!
E voltem sempre!!!
 
Hoje temos duas datas comemorativas. A 1ª delas é o
Dia Do Feirante
Hoje, 25/08, é o Dia do Feirante, profissão tradicional em todo o Mundo.
As feiras-livres existem desde meados do século XVII, onde primeiramente eram comercializados produtos não alimentícios. A tradição de ser semanal também vem do mesmo século e persiste até os tempos atuais.
Com a chegada dos grandes supermercados muitos acreditavam que o destino das feiras seria a extinção, porém é justamente por se manter na contramão da frieza e da falta de sociabilidade do mundo moderno, que a milenar feira-livre tem seu lugar garantido nas ruas das cidades de todo o mundo. Acordar de madrugada e manter o trabalho braçal durante todo o dia são algumas das funções do(a) feirante.
A feiras-livres são locais onde as pessoas podem encontrar qualidade e produtos de todos os tipos. A diversidade de produtos e o contato com os(as) feirantes ainda são os grandes atrativos. Com uma linguagem única e popular, as feiras-livres se mantêm firmes. Os fregueses conhecem as barracas e os feirantes pelo nome, o que proporciona um conforto que não há em grandes empresas.
Nem sempre os preços das feiras podem concorrer com os dos supermercados, mas no final do expediente, os feirantes sempre reduzem o preço de suas mercadorias. As mulheres são a maioria do público freqüentador das feiras. Fica aqui, através deste texto, a homenagem do Blog aos Feirantes de todo o Brasil!!! Parabéns!!
A segunda data de hoje é
Dia do Soldado
Hoje, 25/08 é comemorado o Dia do Soldado. A data, que tem por objetivo homenagear o trabalho dos membros do Exército Brasileiro, foi instituída em homenagem a Luís Alves de Lima e Silva, Patrono do Exército brasileiro, nascido em 25 de agosto de 1803. Com pouco mais de 20 anos já era capitão. Luís Alves de Lima e Silva – Duque de Caxias - lutou e defendeu o Brasil em confrontos externos e internos. 
Soldado  é uma graduação do fundo da hierarquia militar. O termo soldado deriva do latim solidarius – alguém que é pago para servir. No Brasil, o serviço militar é obrigatório por lei desde 1908. Ao completar 18 anos, todo rapaz (atualmente garotas também) deve se cadastrar em alguma das forças armadas (Marinha, Exército ou Aeronáutica). 
Na estrutura do governo brasileiro, estas estão integradas ao Ministério da Defesa e tem por objetivo a defesa dos direitos constitucionais. A carreira de soldado proporciona ao jovem o aprendizado de valores como disciplina, organização, amor à pátria, solidariedade e perseverança, entre vários outros que orientam suas atividades dentro e fora do quartel. O soldado exerce atividade em tempos de guerra e na manutenção da paz, dentro e fora do país. Presta auxílio à população em situações de calamidade.
 Ao longo do século XX, o Dia do Soldado foi perdendo a sua popularidade e não mais é um dia público de festividade, nem mesmo são mais organizadas paradas militares em sua honra. Hoje as forças armadas brasileiras são homenageadas no dia 7 de Setembro, quando é comemorada a independência do Brasil de Portugal, ou no dia 15 de novembro, data em que se comemora a Proclamação da República.
 Fica aqui, então, a homenagem do Blog a todos os soldados do Brasil!!!




Lembrem-se, as mudanças acontecem “De dentro pra fora”!

Nenhum comentário: