By Elaine Averbuch Neves

Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania. Depende de quando e como você me vê passar.

– Clarice Lispector -

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Flores e passarinhos!! Chegou a Primavera!!

23/09 – Início da Primavera
O assunto é Primavera. O link a seguir nos transporta para a estação das flores através da clássica “Primavera” de Vivaldi, ou seja, ao Concerto nº um, de sua magnífica obra, “As Quatro Estações”.

O segundo link  nos  leva a uma das obras primas da música contemporânea, “Primavera”, do sempre eterno e inesquecível  Tim Maia.
 A primavera é a estação do ano que se segue ao inverno e precede o verão, iniciando-se, no Hemisfério Norte no dia 20 de março e terminando em 21 de junho. No Hemisfério Sul, inicia-se por volta de 23 de setembro e termina em 21 de dezembro. É tipicamente associada ao reflorescimento da flora e da fauna terrestres. 
Do ponto de vista da Astronomia, a primavera do Hemisfério Sul inicia-se no equinócio de setembro e termina no solstício de dezembro.
Como se constata, no dia do equinócio o dia e a noite têm a mesma duração. A cada dia que passa, o dia aumenta e a noite vai encurtando um pouco, aumentando, assim, a insolação do hemisfério respectivo.


Estas divisões das estações por equinócios e solstícios poderão ser fonte de equívocos, mas deve-se levar em conta a influência dos oceanos na temperatura média das estações. Na primavera do Hemisfério Sul, os oceanos meridionais ainda estão frios e vão aos poucos aquecendo, fazendo a primavera ter temperaturas amenas ao longo da estação.
Para a região sudeste do Brasil, onde há a maior concentração populacional do país, é geralmente o fim da estiagem de inverno e o início da temporada de chuvas.
Estamos saindo de um inverno para entrar na primavera.
Começamos a descongelar do frio, da sobriedade das roupas, cores e gestos para nos aquecermos com o colorido que vai ficando quente até chegar fervendo no verão.
É época de reflorescimento da flora, da fauna, do romantismo, onde cores, texturas e sons namoram. Entrelaçando-se numa boa mistura…
Podemos nos inspirar e adquirir um pouco desta magnitude da natureza para o nosso dia-a-dia, tanto na moda, decoração e por aí vai.

PRIMAVERA - TEMPO DE RENOVAÇÃO! 

Primavera é mais que uma estação, é um tempo de renovação!
É tempo de plantar novos sonhos, novas flores, novos perfumes, novas cores.
É tempo de deixar germinar a esperança da renovação da vida.
É tempo de florescer, de mudar e de cultivar o amor.
Primavera é tempo de desabrochar, florir, reviver.
Tempo de deixar cair as folhas velhas, amareladas, murchas, secas e sem vida, deixadas pelo rigor do inverno.
Tempo de restabelecer forças e iniciar um novo ciclo de vida.
Você é convidado a entrar com a natureza nesta estação.
Assim as flores e folhagens que Deus lhe oferece.
Abra-se ao novo, busque novos sonhos, sinta alegria de viver.
Intensifique o seu relacionamento com Deus que proporciona o crescimento e a renovação da vida.
Busque o equilíbrio entre o corpo, alma e mente.
Mantenha pensamentos que edifiquem e levem ao sucesso.
Usufrua do milagre da transformação e celebre a Primavera.

                                                          (Servamara)

 
Fontes:
23/09 – Dia Nacional de Combate ao Estresse
Hoje, 23/09, é o Dia Nacional de Combate ao Estresse. A data foi estabelecida pelo governo em função do grande número de pessoas que sofrem com o problema. Estatísticas apontam que 70% da população economicamente ativa do Brasil enfrenta o estresse. Mas, ao contrário do que muitos pensam, até um determinado limite não há danos à saúde. Bem dosado, chega a ser benéfico, pois estimula o colaborador a ser mais produtivo em suas funções.
Trânsito parado, ônibus lotado, barulho de buzina e as horas passando cada vez mais rapidamente. Junte a esta situação uma manhã de calor ou de chuva forte na cidade. Imaginou? Esta é a realidade do cotidiano de muitas pessoas. De um lado, a vida contemporânea quer que você faça "tudo ao mesmo tempo agora". Do outro é o corpo quem cobra um momento menos intenso. Quando você não equilibra esta fração, surge aí o dito 'Mal do Século', o estresse.
Para os especialistas, o nível de estresse passa a ser considerado doença se interfere nas atividades do cotidiano. Quando isso acontece, acumula prejuízos também às empresas, já que o prolongamento desse estado causa as chamadas doenças psicossomáticas (diabete, hipoglicemia, tireoide), levando ao afastamento do profissional.  
Para evitar o problema, é preciso administrá-lo. E isso cabe não somente às pessoas, mas também às empresas, que precisam, sobretudo, respeitar o momento de descanso. “É preciso oferecer condições para que o funcionário não se sinta sobrecarregado”, explicam especialistas. Mesmo porque, segundo o especialista, o ser humano não consegue ser produtivo por mais de sete horas diárias. “Chamamos isso de presenteísmo, quando o funcionário está lá, mas não produz ou tem a qualidade do trabalho prejudicada”.
Criar programas de incentivo a atividades físicas e artísticas, passeios, além de promover ações dentro da própria empresa é importante. Mas só isso não basta. É necessário que o funcionário termine o expediente com disposição para realizar tais atividades. “Quando o trabalhador fala que descansou no fim de semana com a família, na verdade ele só trocou uma obrigação por outra. Ele precisa descobrir o que dá prazer e dedicar um tempo a isso”.
 
Por fim, outro ponto a ser destacado é o feedback. “É muito mais fácil lembrar dos erros, mas não dá para deixar de retornar os pontos positivos”, enfatiza especialista. A atitude mostra ao funcionário o quanto ele é importante para o negócio e que aqueles momentos de estresse foram recompensados pelo reconhecimento de um bom trabalho.
 Os principais sintomas do estresse são:
Sinais de cansaço
Dor na coluna
Dor de cabeça
Sentimento de medo e agressividade constantes
Diminuição da produtividade e eficiência
Perda de memória
Aceleração do batimento cardíaco
Irritação
Hipertensão
O estresse está associado diretamente às doenças do coração e à hipertensão arterial. Preocupada com o índice representativo de pessoas estressadas que são cometidas por pressão alta, a Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH) alerta sobre alguns cuidados que devemos.
O controle do estresse emocional é necessário para a prevenção primária da hipertensão arterial. O treino desse controle resulta em: redução da reatividade cardiovascular, redução de variabilidade e redução da pressão arterial, sendo recomendado não só para hipertensos, mas também para aqueles com tendências de desenvolver a doença.
O Estresse é uma resposta do organismo às demandas do cotidiano. Pensando no menos, no devagar, no leve e em uma vida menos intensa é que celebra-se em 23 de setembro o Dia de Combate ao Estresse. De acordo com a Associação Internacional da Gerência do Estresse (ISMA - sigla em inglês), o problema afeta 70% da população do país, sendo que 30% está em nível crítico.
7 dicas de combate ao stress:
Releve, nesta vida tudo passa e rapidamente. Se tiver que sofrer por algo, permita-se sofrer, mas que esta sofreguidão não passe de 2 dias, para que não dê tempo de deixá-la te consumir.
Relaxe, nem tudo é como queremos que seja. Na maioria das vezes, devemos repensar nos fatos de forma cautelosa e tentar aprender ao invés de lamentar. De tempos em tempos faça uma massagem (vá à um especialista ou peça à alguém querido que o faça). Cante, dance, brinque, leia um livro, saia com os amigos… faça aquilo que gosta.
Descanse, todos devemos ter nosso momento de solidão e descanso. Sem descanso nenhum animal para em pé. Permita-se espreguiçar durante o período de trabalho ou dormir uma tarde de sábado com o telefone fora do gancho.
Pondere, quais são suas prioridades? Estou tomando as decisões corretas para que não me afete posteriormente? Seja coerente e não se deixe levar pela ganância.
Medite, precisamos da meditação para colocar os pensamentos em ordem e não agir impulsivamente fazendo com que nos arrependemos depois. Pense naquilo que viveu e que ouviu, o que não lhe servir, “jogue fora”.
Acredite, acredite em você, acredite no outro. Dê um voto de confiança para a vida e para o mundo. Acredite em algo com toda sua força para que possa recorrer à isso nos momentos de desespero. Seja uma religião ou algum ramo científico que lhe permita saber de onde viemos e possivelmente para onde vamos. A idéia de não sabermos nos deixa muito mais estressados.
Ame, a si e aos que acredita serem dignos de seu amor. Se ficar desapontado, siga os 7 passos novamente. Afinal, o aprendizado é o que conta.

Não seja negligente com a sua saúde. Não se mate aos poucos por algo que sabe que não lhe trará nada de bom. Lembre-se de que cada pessoa tem a sua própria tolerância ao estresse. O que é estressante para alguém pode não ser para você e vice-versa; tente buscar a felicidade no presente, na sua própria realidade, e não naquilo que você imagina para o seu futuro; escute o seu corpo, fique atento aos sinais que ele te dá; não se torne obsessivo perseguindo metas impossíveis; aceite as coisas como elas são, não tente mudar o que não tem jeito; não queira ser perfeito, aceite os seus próprios erros e aprenda a rir deles; não assuma mais tarefas das que realmente pode cumprir; aprenda técnicas de respiração ou de relaxamento; a música e a meditação podem ser grandes aliados na luta contra o estresse. IMPORTANTE - Procure o seu médico se perceber que não está conseguindo sair do estado de estresse, assim poderá investigar mais profundamente os motivos do esgotamento e propor a solução mais adequada. 
Saiba mais:
Centro Psicológico de Controle do Stress
Saúde na Rede
International Stress Management Association

Fontes:
 
23/09 – Dia do Técnico Industrial e do Técnico em Edificações
No dia 23 de setembro se comemora o Dia do Técnico Industrial, em alusão à data de implantação do Ensino Técnico Industrial no Brasil, em 1909, quando o então presidente da República, Nilo Peçanha, fundou o Liceu de Artes e Ofícios. A Lei nº 11.940, de 19 de maio de 2009, estabelece o dia 23 de setembro como o Dia Nacional dos Profissionais de Nível Técnico, a exemplo dos Técnicos em Edificações.
 Em 23 de setembro de 1987 deu-se a inclusão do Técnico em Edificações no calendário do Técnico Industrial, através da Lei nº 11.371/99.
 
Segundo a Associação dos Engenheiros e Arquitetos do ABC, ressalta-se a importância dos Técnicos Industriais e de Edificações no crescimento e construção do Brasil.

A profissão de Técnico Industrial é regulamentada pela Lei 5.524/68 e Decreto 90.922/85, que também estabelecem as atribuições desses profissionais, contidas no Art 2º da Lei e nos Arts. 3º, 4º e 5º do Decreto. A portaria 3.156/87 do Ministério do Trabalho enquadrou os Técnicos como Profissionais Liberais com o Título de Técnico Industrial.

Principais modalidades de Nível Técnico no RS: Técnico Industrial em: Edificações, Eletrotécnica, Eletrônica, Telecomunicações, Eletromecânica, Mecânica, Mecânica de Precisão, Instrumentação, Mecatrônica, Química, Calçados, Curtimento e Couro, Hidrologia, Agrimensura, Estradas, Decoração, Desenho Industrial, Celulose e Papel, Refrigeração e Ar Condicionado, Enologia, Nutrição e Dietética, Resíduos Industriais, Metalurgia, Plásticos, Automotivo, Aeronaves e Informática Industrial.
"Nesta data, parabenizamos todos os profissionais que exercem suas atividades com ética e responsabilidade e colaboram para trazer mais qualidade de vida para a sociedade". Parabéns a todos os Técnicos Industriais do Brasil!!
Fontes:
 
23/09 – Dia do Soldador
Existe um grande número de processos de soldagem diferentes, sendo necessária a seleção do processo (ou processos) adequado para uma dada aplicação. A tabela abaixo lista algumas das principais vantagens e desvantagens dos processos de soldagem.
A Soldagem é o processo de união de materiais (particularmente os metais) mais importante do ponto de vista industrial sendo extensivamente utilizada na fabricação e recuperação de peças, equipamentos e estruturas. A sua aplicação atinge desde pequenos componentes eletrônicos até grandes estruturas e equipamentos (pontes, navios, vasos de pressão, etc.).
Vantagens
1. Juntas de integridade e eficiência elevadas
2. Grande variedade de processos
3. Aplicável a diversos materiais
4. Operação manual ou automática
5. Pode ser altamente portátil
6. Juntas podem ser isentas de vazamentos
7. Custo, em geral, razoável
8. Junta não apresenta problemas de perda de aperto.
Desvantagens
1. Não pode ser desmontada
2. Pode afetar microestrutura e propriedades das partes
3. Pode causar distorções e tensões residuais
4. Requer considerável habilidade do operador
5. Pode exigir operações auxiliares de elevado custo e duração (ex.: tratamentos térmicos)
6. Estrutura resultante é monolítica e pode ser sensível a falha total.
Algumas definições usuais para soldagem são:
"Processo de junção de metais por fusão". (Deve-se ressaltar que não só metais são soldáveis e que é possível soldar metais sem fusão).
"Operação que visa obter a união de duas ou mais peças , assegurando, na junta soldada, a continuidade de propriedades físicas, químicas e metalúrgicas".
"Processo de união de materiais baseado no estabelecimento, na região de contato entre as peças que estão sendo unidas, de ligações químicas de natureza similar às atuantes no interior dos próprios materiais."
A soldagem ocorre pela aproximação das superfícies das peças a uma distância suficientemente curta para a criação de ligações químicas entre os seus átomos. Este efeito pode ser observado, por exemplo, quando dois pedaços de gelo são colocados em contato. Para outros materiais, a soldagem não ocorre tão facilmente pois a aproximação das superfícies a distâncias suficientes para a criação de ligações químicas entre os seus átomos é dificultada pela rugosidade microscópica e camadas de óxido, umidade, gordura, poeira e outros contaminantes existentes em toda superfície metálica.
Esta dificuldade é superada de duas formas principais, das quais originam os dois grandes grupos de processos de soldagem:
Deformar as superfícies em contato, rompendo as camadas de contaminantes e permitindo a sua aproximação e a formação de ligações químicas. As superfícies de contato podem ser aquecidas para facilitar a sua deformação.
Aquecer localmente a região a ser soldada até a sua fusão, destruindo, assim, as superfícies e produzindo a solda com a solidificação do material fundido.
Assim, os diferentes processos de soldagem podem ser agrupados em dois grandes grupos baseando-se no método dominante de se produzir a solda, isto é, a - processos de soldagem por pressão (ou por deformação) e b - processos de soldagem por fusão.
O primeiro grupo inclui os processos de soldagem por ultra-som, por fricção, por forjamento, por resistência elétrica, por difusão, por explosão, entre outros. Alguns destes processos, como a soldagem por resistência a ponto, apresentam características intermediárias entre os processos de soldagem por fusão e por deformação.
O segundo grupo inclui um grande número de processos, entre os quais se destacam os processos de soldagem a arco que são os mais utilizados industrialmente. Estes utilizam, como fonte de calor para a fusão da junta, uma descarga elétrica em meio gasoso (arco elétrico) entre dois eletrodos ou, mais comumente, entre um eletrodo e a(s) peça(s).
Por sua grande importância em inúmeras utilizações dos metais é fundamental que o engenheiro metalúrgico tenha, pelo menos, um conhecimento básico da tecnologia e fundamentos da soldagem.  
Por outro lado, a soldagem afeta a estrutura do material, podendo causar o aparecimento de descontinuidades como trincas e poros e, assim, influencia de forma importante o desempenho futuro da peça ou estrutura soldada. Estas mudanças são estudadas essencialmente com base em princípios da metalurgia. Assim, é também importante que as pessoas envolvidas o projeto e a supervisão de trabalhos de soldagem conheçam esses princípios.
Parabéns aos Soldadores que trabalham muito para que aconteça o crescimento de nosso País!
Fontes:
Que a Primavera entre e alegre sua vida!! Que o sombrio do Outono/Inverno dê lugar a uma Primavera/Verão floridos e coloridos!!
Estas flores são para vocês!!!!
Sinta o perfume das Flores!! Sinta a Natureza e seja Feliz!!!
E lembrem-se, as mudanças acontecem “De dentro pra fora!”






























Nenhum comentário: