By Elaine Averbuch Neves

Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania. Depende de quando e como você me vê passar.

– Clarice Lispector -

sábado, 14 de janeiro de 2012

Chama a ambulância!


“Há pessoas que transformam o Sol numa simples mancha amarela, mas há também aquelas que fazem de uma simples mancha amarela o próprio Sol.” (Picasso)
14/01 – Dia do Enfermo
Dia do Enfermo. O enfermo precisa de um dia especial para que a sua condição de saúde comprometida seja percebida; um dia para sensibilizar governantes e sociedade, para que prestem mais atenção e possibilitem uma assistência mais justa, humanitária e adequada. Só que isto não deveria acontecer uma vez ao ano apenas, pois quem está enfermo precisa de muito mais que um dia de atenção!
O cidadão, o trabalhador brasileiro, na verdade, que é quem precisa fazer uso do SUS, após contribuir durante uma vida de trabalho árduo, no dia-a-dia, ao se aposentar, não pode se dar ao luxo de ficar enfermo, pois a sua parca aposentadoria ou lhe permite (quando sobra) comprar o que comer ou os medicamentos; escolha difícil. Isto sem contar que as Farmácias do Governo quase nunca tem os medicamentos; e as desculpas são quase sempre as mesmas, este medicamento está em falta; deve chegar mês que vem; tem que esperar...E a enfermidade da qual o coitado (a esta altura já é coitado mesmo!) está acometido, será que vai entender o atraso e esperar pra piorar só mês que vêm?! Mas não é preciso ser aposentado pra sofrer nas mãos hábeis e escorregadias do Sistema de Saúde Brasileiro! Muitas gestantes buscam atendimento e, na maioria dos casos, quase falecem com seus bebês ainda na barriga, e porque? Falta de Leito é a principal desculpa; Crianças são examinadas e muitas vezes mandadas de volta para casa, pois existem casos mais graves necessitando de atendimento; Sendo que, às vezes, algumas destas crianças vem a falecer a caminho de casa ou em casa! Tomara uma data a celebrar fosse capaz de mobilizar a sociedade em geral e, principalmente o governo, para o descaso com a saúde pública no Brasil! Para as verbas destinadas à Saúde, que sempre encontram um caminho diferente... Dia do Enfermo; Não seria melhor dizer Dia de um Sistema Falido e Enfermo? Brasil! Mostra tua cara!
O Sistema Único de Saúde (SUSto) foi criado pela constituição Federal de 1988 e regulamentado pelas Leis nºs  8080/90 e 8.142/90, Leis Orgânicas da Saúde, com a finalidade de alterar a situação de desigualdade na assistência à saúde da população, tornando obrigatório o atendimento público a qualquer cidadão, sendo proibidas cobranças de dinheiro sob qualquer pretexto.
O SUS é destinado a todos os cidadãos e é financiado com recursos arrecadados através de impostos e contribuições sociais pagos pela população e compõem os recursos do governo federal, estadual e municipal.  (http://portal.saude.gov.br/)
O Setor Privado participa do SUS por meio de contratos e convênios de prestação de serviço ao Estado quando as unidades públicas de assistência à saúde não são suficientes para garantir o atendimento a toda população de uma determinada região.
Vamos ter Fé e Esperança, pois sem isso, o que teremos? Vamos acreditar que ainda exista alguém, nesse lindo e imenso País chamado Brasil, que tenha a dignidade, a honradez e o respeito que o cidadão brasileiro merece, ao aceitar representar-lhe os direitos, o faça condignamente, fazendo jus ao voto de confiança que este mesmo cidadão brasileiro lhe concedeu através das urnas, para defendê-lo; para que possa, ao menos, contar com um atendimento de saúde mais adequado, humano e igualitário, em retribuição ao suor derramado no dia-a-adia por um salário de fome ao final do mês, que não lhe permite buscar recursos a não ser através do SUS! E viva o Dia do Enfermo Brasileiro! (Elaine Averbuch Neves)
“Não é tanto o que fazemos, mas o motivo pelo qual fazemos que determina a bondade ou a malícia.” (Santo Agostinho)
Hojé é sábado! Um fim de semana iluminado e de muita paz para todos! Que a semana tenha sido de bom aprendizado e oportunidades! E lembrem-se, as mudanças acontecem “De dentro pra fora!”








13 comentários:

Felisberto Junior disse...

Olá! Bom dia!
Você está cada vez melhor!
Textos brilhantes!
Parabéns!
Bom final de semana!
Beijos carinhosos!

Mara Ribeiro disse...

Elaine, um final de semana iluminado pra você também.
Bjo no coração.

Regina Márcia Oliveira disse...

Parabéns mais uma vez!
Suas indagações são muito pertinentes diante do contexto em que se encontra a saúde em nosso país.
É preciso também que os cursos acadêmicos modifiquem suas grades curriculares, onde possam formar profissionais com atitudes mais humanitárias, que eles sejam mais sensíveis ao sofrimento das pessoas. O sistema já não funciona adequadamente e ainda por cima nos deparamos com médicos e enfermeiras alheios ao sofrimento, assim fica difícil qualquer recuperação. Parabenizo todos os funcionários da saúde que tratam com respeito e cuidado seus pacientes. Ainda temos muitas boas referências no Brasil, embora muitas vezes anônimos. A esses profissionais fica aqui meu respeito e admiração, pois mesmo diante de um sistema falido, honram seu juramento!
Parabéns mais uma vez! Tema bem lembrado.
Regina Márcia
http://jeitinhomineiro.blogspot.com

Arione Torres disse...

Oi amiga Elaine,
Obrigada por visitar e seguir o meu blog, vim retribuir a visita, já estou te seguindo. Achei o seu blog lindo!
Tenha um ótimo final de semana, bjus...

Neli Alves disse...

Muito bom. Excelente final de semana para você. Bjks

MARILENE disse...

Participo de sua indignação. E essa é uma área onde não pode o governo solicitar a solidariedade do povo brasileiro, como sempre acontece em qualquer calamidade. Digo calamidade porque é essa a palavra certa para definir a maneira como são tratados os enfermos. E muitos só conseguem um olhar quando a imprensa já chamou a atenção de todos, para ele.

Sem saúde e devida assistência, não existe trabalho, descanso e dignidade.

Bjs.

Evanir disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Evanir disse...

Eu só tenho a agradecer por você existir em minha vida
e compartilhar comigo sua sincera amizade.
Eu te prometo fazer tudo para continuar
merecendo essa dadiva divina.
Te prometo dividir contigo todo tempo
que me for possivel.
Nem vou falar que Deus te abençoe,
pois voce já é abençoada e
iluminada em todos os sentidos.
Um Final De Semana Na Paz E Na Luz.
Evanir...
Que Deus não permita que o povo do nosso Brasil tão amado não continuem sofrendo o descaso desses policos sem alma.

Canela Castela disse...

Se os nossos governantes deixassem de roubar um pouquinho os nossos tributos e impostos pagos todo mes, a nossa saude seria EXEMPLAR para TODOS os brasileiros.
INDIGNAÇÃO!
Essa é a palavra.
Afff foi um desabafo amiga.
Bjos de luz

ღღღღ Cici ღღღღ disse...

Infelizmente, estamos entregues a nossa própria sorte... lamentável.

Um ótimo findi pra vc e sua família!!
Bjks

Nilton Silveira disse...

Parabéns por suas colocações, pois são super realistas!
E não podemos deixar de parabenizar todos e todas enfermeiras!!
Http://penseoamanha.blogspot.com/
Abs

Zilani Célia disse...

OI ELAINE!

MUITO BEM PENSADO, APOIAR QUEM PRECISA, USANDO O MEIO QUE TENS A DISPOSIÇÃO.
TODOS DEVERÍAMOS FAZER O MESMO.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com/

ELAINE disse...

Muito obrigada meus amigos! Pelo carinho, pela companhia! Voltem sempre!Bjo no coração!