By Elaine Averbuch Neves

Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania. Depende de quando e como você me vê passar.

– Clarice Lispector -

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

E abriram-se as cortinas...


“Que o amor possa florescer em todos os cantos deste mundo. Que possamos desfrutar e ser dignos da Bondade Divina.”


16/12 – Dia do Teatro Amador
O teatro amador é praticado por pessoas que não tem formação acadêmica e que se dedicam a essa atividade por prazer, sem fazer dela um meio de vida. São os próprios atores que escrevem o roteiro, montam a peça, constroem o palco, elaboram e confeccionam os figurinos, etc.
No Brasil, o teatro amador surgiu no século XVI, com a chegada dos jesuítas, que passaram a utilizá-lo para catequisar os índios. Passando a fazer parte, a partir daí, oficialmente, das comemorações religiosas e cívicas.
Importantes e expressivos atores profissionais surgiram a partir do teatro amador: Antônio Fagundes, Ney Latorraca, Alexandre Borges, Edson Celulari, Jandira Martini, Eliane Giardini e Regina Duarte, entre outros.
Na década de 50, a teatróloga, diretora e atriz dramática, Maria Clara Machado, criou um grupo amador para atuar nas peças montadas para a comunidade, nascendo assim, o Tablado, um dos mais importantes centros de artes dramáticas do país. Foi a mais inovadora companhia teatral que o Brasil já teve.
Com suas montagens, Maria Clara Machado formou artistas e mentalidades, respeitando e ativando a imaginação das crianças. Escreveu muitas peças infantis de sucesso, como Pluft, O Fantasminha, A Bruxinha que era boa e O Sapato das Cebolinhas.
Uma das características do teatro amador é criticar o momento e a história da humanidade. Os governos democráticos encaram tranqüilamente esse exercício simplista da dialética e das divergências políticas, pois sabem que grupos amadores representam a vanguarda do pensamento da sociedade e contribuem não só para a formação de novas gerações de cidadãos participativos e críticos como forjam novos talentos e colaboram para a continuidade do teatro como arte e como profissão.
“Num país onde os políticos ganham eleições através da televisão, a alfabetização pela leitura da imagem é fundamental, e a leitura da imagem artística, humanizadora.”
(Ana Mae Barbosa)

Ainda no dia de hoje 

 Dia do Reservista
Comemorado em 16 de dezembro, foi instituído pelo Decreto-Lei 1908, data do nascimento de Olavo Bilac, Patrono do Serviço Militar.
Tem por objetivo reativar a lembrança da época em que os cidadãos serviam a Pátria na caserna, cultuar os valores da vida militar e proporcionar a oportunidade de confraternização entre os amigos da ativa e da reserva.

“A Pátria não é a raça, não é o meio, não é o conjunto dos aparelhos econômicos e políticos: é o idioma criado ou herdado pelo povo.”
(Olavo Bilac)
“Que o Natal seja mais um momento em que as pessoas acreditem que vale a pena viver um Novo Ano!”
Natal, Natal das crianças
Natal da noite de luz
Natal da Estrela-Guia
Natal do Menino Jesus!


A Mais Pequena História de Natal...
Era uma vez um velho pedaço de papel reciclado, o seu sonho... sim, os papéis também tem sonhos, mesmo os reciclados, o sonho dele era ser útil.
Ele percorreu milhares de quilômetros, literalmente ao sabor do vento. Durante essa longa viagem, o pedaço de papel reciclado viu e ouviu muita coisa... Mas de que vale ser um papel se não se pode escrever nele aquilo que se vive ou viveu?
Certo dia, o já amarelecido pedaço de papel reciclado ficou preso numa árvore. “É o fim!” Pensou ele. De fato, que utilidade poderia ter um velho pedaço de papel reciclado no topo de uma árvore?
Pois bem, foi precisamente esse pedaço de papel que chamou a atenção de uma criança para aquela árvore.
E lá está ele, o velho pedaço de papel reciclado foi moldado numa estrela e enfeita agora o topo da árvore de Natal da família daquela criança.
Velho.... Reciclado?! Sim, mas orgulhosamente útil e feliz.”
(Ruy Barros)
Fim de semana chegando, preparativos, correria...um último retoque aqui, outro ali...Vamos ter calma, tomar fôlego e, de repente, o que parecia distante ou difícil vai tomando forma. Um fim de semana iluminado, com muita paz e alegrias!
“Que o Natal seja a esperança do Ano que está por vir, com todas as realizações possíveis e imaginárias. E lembrem-se, as mudanças acontecem “De dentro pra fora!”




Fontes:
http://www.tudotemaqui.com/




11 comentários:

Helena Silva disse...

Amiga obrigada pelas visitas e pelos comentários, sabe que é uma pessoa muito querida para mim, desde que nos conhecemos através do blog de sua chara a Elaine Gaspareto.
Uma otima sexta para você.
Beijos
Lena

escutaessa.blogspot.com disse...

Oi Elaine,
Obrigada pela visita lá no meu blog ;) Adorei.
Vim conhecer o seu e achei super lindinho e estou te seguindo ;)
Beijinhos
Renata
http://escutaessa.blogspot.com/
@blogescutaessa

ELAINE disse...

Helena e Renata! Obrigada pelos comentários carinhosos! Sejam sempre bem-vindas! Bjo!

Priscilla Castro disse...

Passeando pelos blogs da vida esbarrei no seu!
Nossa seu blog é lindo e cheio de informação bacana!!!
ah, vc escreve mto bem, viu?
Aproveito e te convido a ir ao meu blog, tá rolando um sorteio por lá, de um lindo Kit!! Corre!! Você vai amar!

Mil bjinhos!!
http://castro-pri.blogspot.com/
@Pri_castro01

Renata Guidinha disse...

Olá minha queridíssima Elaine!
Não estou sumida, não. Na verdade só não estava conseguindo comentar, mas o problema não era nos blogs e sim no meu PC. Esse problema custou muito a ser resolvido, pois os meus tecnicos de plantão são as filhotas mesmo e estavam em ritmo de provas finais na faculdade...
Bom, estou aqui dessa vez não só lendo, mas podendo deixar o meu carinho por escrito também, viu?
Lendo sua postagem sobre o teatro amador, acabo descobrindo que esse dia tbém é nosso (mulheres de uma maneira geral), pois nesse palco da vida, vivemos representando milhares de papéis diariamente, sem que isso seja uma profissão. É amor a "arte" mesmo, né? Se bem que eu estou mais pra arteira que pra artista,kkkkk.
Bjks iluminadas pelas luzes do Natal
Renata

ELAINE disse...

Obrigada pelo comentário carinhoso! Fiquei muito feliz! Amanhã, 17/12, tem um post especial e gostaria de ler o teu comentário sobre isso! Te espero! Bjão

Nilton Silveira disse...

Boa tarde!! Gostei muito do seu blog!!
Super lindo e muito dinâmico!!
Parabéns!!
obrigado por seguir o: http://penseoamanha.blogspot.com/
Sucesso!!

Anne Lieri disse...

Elaine,que graça de história!Muito criativa!Mostra que todos nós temos utilidade!Excelente artigo tb!Bjs e meu carinho!

ELAINE disse...

Nilton e Anne! Obrigada pelos comentários! Bjo!

Maria Reciclona disse...

Olá Elaine. Lindo post. Cheio de palavras que nos levam a uma profunda reflexão sobre o verdadeiro sentido do Natal. Que bom seria se vivêssemos todos os demais 364 dias do ano como se fosse o Natal.Que bom se celebrássemos cotidianamente o amor divino. Um grande abraço e um Natal maravilhoso para você.

ELAINE disse...

Maria! Obrigada pelo carinho! Bjão!