By Elaine Averbuch Neves

Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania. Depende de quando e como você me vê passar.

– Clarice Lispector -

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Enfim, sós...

01/12 – Dia do Casal
“Eu descobri que sempre tenho escolhas. E muitas vezes, trata-se apenas de uma escolha de atitude.”
Judith M. Knowlton
Gente! Dentre as datas que se comemoram hoje, esta talvez seja a mais interessante, rsrsrs, Dia do Casal !
Você sabia que beliscões já foram considerados xaveco?
No século 18, um homem mostrava interesse por uma mulher (e vice-versa), a partir de um beliscão ou uma pisada no pé, kkkk, já imaginaram isto acontecendo nos dias atuais? O gesto não era feito por maldade ou sadismo, e sim porque indicava que a outra pessoa era forte o bastante para a vida a dois.
No universo camponês das sociedades pré-industriais, o domicílio familiar não era só um local de vida social, mas também de produção de quase todos os bens do cotidiano. Do alimento às roupas, tudo era produzido pelo casal. Daí os rituais que simbolicamente avaliavam a resistência e força dos noivos.
 
O estudo da família, como um todo, e dos casais, em particular, tem sofrido grandes mudanças. Os métodos de pesquisa vêm se adaptando melhor à complexidade do tema, como também os próprios casais têm experimentado vertiginosas transformações nas possibilidades de relacionamento.
Quando se pensa sobre o casal, ainda em termos genéricos, é comum evocar-se uma idéia associada à dimensão afetiva que preserva um homem e uma mulher unidos. O compromisso entre ambos é mais ou menos duradouro, freqüentemente com vistas à geração de filhos e à formação de nova família.
Com a passagem do tempo, muitas coisas mudaram, a sociedade em geral, tem mais liberdade de escolhas, ainda existe o preconceito, mas não tão arraigado, e o casal tradicional, como aprendemos a conhecer desde nossa infância, diversificou bastante! Atualmente, quando duas pessoas se sentem atraídas e decidem ter uma vida em comum, os critérios não são mais os mesmos que, digamos, uns 20 anos atrás, por exemplo. Hoje é comum encontrar-se na rua casais compostos por homem/mulher, homem/homem, mulher/mulher, isto sem falar na miscigenação de raças, nos contrastes culturais e sócio-econômicos. 
Atualmente, tornou-se tarefa quase impossível definir a palavra casal.  Outro ângulo importante a ser observado quando se fala em casal é que os valores e estereótipos associados aos casais tradicionais compostos por marido provedor e esposa dona-de-casa vêm perdendo expressão numérica há muito tempo já, desde que as mulheres disputam o mercado de trabalho em igualdade de condições.
Este, meus amigo(a)s, é um assunto que pode ser conversado e/ou debatido infinitamente, pois a cada decisão tomada por um casal, seja de que tipo for, mas se for principalmente gay, vai gerar controvérsia, porque infelizmente o ser humano não aceita muito bem tudo que ele considera diferente ou fuja do considerado tradicional, afinal o ser humano é a criatura mais imperfeita do universo e, mesmo assim, parabéns! 
Parabéns a todos os casais, independente de sexo, etnia, crença, classe sócio-econômica, o importante é encontrar a “outra metade” da nossa laranja! O importante é ser feliz! É amar e ser amado(a)! Tentando assim, fazer deste um mundo melhor, afinal o amor nos transforma, nos torna fortes, corajosos e dignos! E essa é a homenagem do blog a todos os casais! Parabéns!

Elaine Averbuch Neves
Ainda no dia de hoje, temos:

Dia Mundial de Combate à AIDS
O dia 1º de dezembro foi internacionalmente instituído como o Dia Mundial de Combate à Aids e é quando o mundo une forças para a conscientização sobre essa doença. Desde o final dos anos 80, tal dia vigora no calendário de milhares de pessoas ao redor do mundo. Segundo a Organização Mundial da Saúde, ao final de 2007, 33 milhões de pessoas conviviam com o vírus do HIV no planeta, e diariamente surgem 7.500 novos casos.O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids) afirma que há mais de 6.800 novas contaminações pelo vírus da aids no mundo todos os dias e mais de 5.700 mortes diárias em virtude da doença. Durante esse período, mais de 200 mil mortes aconteceram em decorrência da patologia.
Dia do Imigrante
Imigrante é a pessoa que entra em um país estranho e nele constrói a sua vida, em razão de não ter encontrado em seu país de origem soluções para seus problemas socioeconômicos, ou por espírito de aventura, guerras, razões políticas, ou mesmo para poder estudar etc. No Brasil, a imigração se tornou muito intensa. Teve início quando o governo percebeu, depois da Independência, que era preciso garantir as fronteiras, visto ser o país muito extenso. Os portugueses vieram como imigrantes para o Brasil em 1853 e se fixaram em São Paulo, sobretudo nas fazendas de café, mas se espalharam também pelo interior do país, estabelecendo padarias, mercearias, serralherias etc. Italianos, alemães, russos, poloneses e ucranianos, entre outros povos europeus, dirigiram-se para o Sul, povoando as serras e os vales dos rios. A leva de italianos - mais de um milhão - chegou entre 1884 e 1903. A maioria deles assentou em São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. Um número pequeno foi para o Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. Os alemães chegaram em 1924 e fundaram colônias no Rio Grande do Sul, no Paraná e em Santa Catarina. Neste estado, fundaram Joinville, Blumenau e Brusque. 
Os japoneses chegaram ao Brasil em 1908, em razão de problemas socioeconômicos. Foram para o interior de São Paulo, para trabalhar nas fazendas de café, mas também se dirigiram para as zonas agrícolas de outros estados brasileiros. Os que ficaram nas cidades, como São Paulo, estabeleceram-se como pequenos comerciantes. Os imigrantes difundiram a pequena propriedade, a policultura, o trabalho familiar, o cultivo da uva e a mentalidade empresarial. Exerceram influência não só na nossa língua, na arquitetura, nos usos e costumes, como também contribuíram na formação do povo brasileiro, em virtude da miscigenação. A imigração sempre aconteceu e continuará acontecendo em todo o mundo, sobretudo depois da globalização, pois todos podem se comunicar, via internet ou satélite, com pessoas das mais diversas culturas. Parabéns a todos os imigrantes!
Dia do Numismata
A Ciência que estuda as moedas e medalhas chama-se Numismática. Numismata é aquele que se dedica à pesquisa ou à coleção destas peças.
No calendário oficial, o dia 1º de Dezembro é marcado como o "Dia do Numismata". Essa data foi escolhida por reunião da Sociedade Numismática Brasileira por ser o dia, no calendário católico, de Santo Eloi (ou Elígio), padroeiro dos numismastas.
A Numismática é importante porque se pode comparar o passado histórico da humanidade. Com as novas técnicas, pode-se analisar a composição química das moedas antigas para saber com exatidão como foram cunhadas.
Quando os governos perceberam os lucros que poderiam ser auferidos da moeda, tomaram para si o direito exclusivo de emissão. A moeda e a medalha tem sido não só símbolos nacionais, como também veículo de afirmação política, visto que, por meio delas, pode-se compreender o momento vivido pelo povo e pela nação.
No Brasil, pode-se apreciar nas moedas a cunhagem das personagens da nossa história e das espécies da nossa fauna e da nossa flora.

Fontes:
Nunca desistam pessoal! Busquem os seus sonhos sempre!

“Vencer é ter a esperança sempre renovada, lembrando que o sol nasce todos os dias e para todos.
Vencer é ter um sentimento profundo de fé, força e perseverança mesmo em momentos difíceis.
Vencer é encontrar a criança que há dentro de você e amá-la, a verdadeira ação social começa dentro de nós mesmos.
Vencer é carregar esta criança no colo e deixá-la sonhar, pois ela sabe que não há sonhos impossíveis, o que há são sonhadores que desistiram, muitas vezes até mesmo, antes de tentar.”

Flávio Souza- Coach e Palestrante
Lembrem-se-se, as mudanças acontecem “De dentro pra fora!”











 




5 comentários:

Tatiana disse...

Nossa,Elaine...que dia cheio de comemorações ótimas...Aids, dos casais, dos imigrantes..adorei saber,principalmente por ser meu niiiiiver...rs!!!!
Eita dia "bao"
Bjs!!!

Guilherme Ribeiro disse...

Oi eu ainda nao tente , mas vou tentar , um grande obrigado , excelente esse seu blog

Vanessa Barbosa. disse...

Olá Elaine, muito obrigada pela visitnha no meu blog, seja muito bem vinda viu, se quiser fazer parceria estou aqui ok? Gostei bastante do seu blog, tem umas curiosidades aqui que eu nem sabia que existia, tipo o dia do casal haushaushausa
beijos ;*

ELAINE disse...

Tati, Guilherme e Vanessa! Muito obrigada pelo carinho e pelos comentários! Bjão no coração!

Blogger disse...

DreamHost is ultimately the best hosting company with plans for all of your hosting requirements.