By Elaine Averbuch Neves

Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania. Depende de quando e como você me vê passar.

– Clarice Lispector -

domingo, 2 de outubro de 2011

Blogando.... poetisando.... sonhando....

Olá queridos(as)  amigos(as)  do Blog! Sem datas para comemorar, tempo para conversar.... As palavras vão se formando....E o tempo nos envolve.... E o nosso pensamento voa, tão longe.... A Internet encurta as distâncias, a ausência aumenta a saudade.... A saudade toma forma, diversas formas.... forma de lágrimas... um olhar que cativa.... um desejo que fulmina.... um sorriso que conquista.... um grito que cala....um olhar que ecoa....um abraço que acalenta, mãos que se encontram e tudo pode acontecer em segundos apenas.... E o nosso pensamento voou longe, muito longe.... os olhos se abrem e o sonho acaba.

Elaine Averbuch Neves

Grande parte do conteúdo do blog é escrito por mim (ufa!...) e grande parte é pesquisado e retirado da internet (hehehehe), com os devidos créditos acrescentados e mantidos. Bem, vamos continuar blogando?

AS COISAS QUE APRENDI NA VIDA

Eis algumas das coisas que aprendi na vida:
Que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isto. Que levam anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la.
Aprendi que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam. Que as circunstâncias e o ambiente têm influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Que ou você controla seus atos, ou eles o controlarão.
Aprendi que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Que paciência requer muita prática. Que existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar isso.
Que algumas vezes à pessoa que você pensa que vai lhe dar o golpe mortal quando você cai, é uma das poucas que o ajudam a levantar-se. Que só porque uma pessoa não o ama como você quer, não significa que ela não o ame com tudo o que pode.
Que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens: seria uma tragédia se ela acreditasse nisso. Que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém. Na maioria das vezes você tem que perdoar a si mesmo.
Que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára, esperando que você o conserte.

(Gotas de Otimismo)
Lembrem-se, as mudanças acontecem “De dentro pra fora!”

Adoro receber sua visita!!!


 

 

Nenhum comentário: